Mãe não deixa o pai levar o filho pra casa dele

Feita por >Maria Fernanda>. 18 nov 2013 Guarda compartillhada

Meu namorado tem um filho de 5 meses com sua ex mulher e está em processo de divórcio. A mãe da criança permite que ele visite a criança livremente, só que apenas na casa dela alegando que ela o amamenta e que a criança é totalmente dependente dela por isso. Tem vários meses que meu namorado não ve o filho porque ele não quer entrar na casa da ex e quer ficar sozinho com a criança levando o neném para casa dele por alguma horas. Ele quer levar o bebê durante os intervalos da amamentação, mas a mãe acha um absurdo e não deixa dizendo que o bebê nao tem horário certo para mamar e estranha o pai porque tem tempo que ele não visita a criança. A mãe vai entrar com o pedido de pensão e regulamentação de visitas. A pergunta é: o juiz costuma deixar que o pai pegue a criança nos intervalos da amamentação? Ou ele tem que visitar na casa dela mesmo? Tem idade pra isso? Obrigada.

Resposta enviada

Em breve, comprovaremos a sua resposta para publicá-la posteriormente

Algo falhou

Por favor, tente outra vez mais tarde.

A melhor resposta

Prezada Maria,
na maioria dos casos, os juízes, neste caso em que a criança ainda está em fase de amamentação, permite a visita apenas, sem a retirada da criança, sendo que, após essa fase, quando a criança deixar de amamentar, o normal é que seja regulamentada a visita, sendo que geralmente o pai fica com a criança aos finais de semana, a cada 15 dias, mas pode ser definido de forma diferente sim.
Como nesse caso em específico, o pai da criança não quer ficar sozinho com ela na casa da mãe, pode ser estipulado um outro local para ele ver o filho.
Na verdade, tudo irá depender do entendimento do juiz e do Promotor de Justiça que irá analisar o caso.
Estamos a disposição.
Atenciosamente
Carla Cassavia

Cassavia Advocacia Advogado em São Paulo

111 respostas

16373 pontuações positivas

Contatar

A resposta foi útil para você?

Obrigado pela sua avaliação!

Fernanda,

O Art. 1.589 do Código Civil Brasileiro, deve ser sempre interpretado pelo juiz observando o bem-estar no menor, as condições mais favoráveis do que lhe for apresentado, o juiz guia-se pelos princípios da razoabilidade além do da legalidade.

Erivaldo Targino Barreto Filho
Advogado OAB/AL nº. 3.388

A resposta foi útil para você?

Obrigado pela sua avaliação!

Estou com a mesma dúvida, mas acho um absurdo isso. Juiz nenhum deveria permitir. É um absurdo.

A resposta foi útil para você?

Obrigado pela sua avaliação!

Maria Fernanda,

Não existe uma regra na lei para este tipo de situação. Em cada caso, o juiz analisa e decide, sempre de acordo com o bem estar do menor. Se o menor depende de amamentação, como é o caso, geralmente o juiz condiciona a visita na casa da mãe.

Neste caso específico, considerando a pouca idade da criança, certamente o juiz decidiria pelas visitas na residência da mãe e não autorizaria a retirada da menor pelo pai.

Neudi Fernandes - Advogado
Curitiba - Paraná

Fernandes Sociedade De Advogados Advogado em Curitiba

1430 respostas

58678 pontuações positivas

A resposta foi útil para você?

Obrigado pela sua avaliação!

Advogados especializados em Guarda compartillhada

Ver mais advogados especializados em Guarda compartillhada

QANDA_other_questions_related_ttl

Explique seu caso aos nossos advogados

Publique a sua pergunta de forma anônima e receba orientação legal em 48h.

50 QANDA_form_question_details_hint

Sua pergunta e as respectivas respostas serão publicadas no site. Este serviço é gratuito e não substitui uma sessão de terapia.

Enviaremos a sua pergunta a especialistas no tema, que se oferecerão para acompanhar o seu caso pessoalmente.

A sessão de consultoria não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

A sessão de consultoria não é grátis e o preço estará sujeito às tarifas do profissional.

Coloque um apelido para manter o seu anonimato

QANDA_form_send_feedback_ttl

QANDA_form_send_feedback_lbl

QANDA_form_question_already_exists_ttl

QANDA_form_question_already_exists_txt

advogados 3900

advogados

perguntas 20700

perguntas

respostas 22500

respostas