Não pode se deslocar a nenhum escritório?
Encontre um advogado online
Acesso escritório Cadastre grátis seu escritório

Adoção: saiba o que fazer para começar o processo

Quem deseja adotar uma criança deve estar preparado para cumprir uma série de exigências e esperar cerca de 12 meses. Fique atento às dicas desse artigo para saber quais trâmites seguir.

29 set 2014 Casamento e família - Leitura: min.

Advogados

Quem deseja começar um processo de adoção deve estar preparado para cumprir uma série de exigências burocráticas e para enfrentar uma espera de aproximadamente 12 meses. A melhor forma de passar com tranquilidade por um trâmite assim é ter claro quais são os passos a seguir. Fique atento às dicas desse artigo e reúna o que você necessita para avançar no projeto de construir sua nova família.

A caminhada de todos aqueles que desejam adotar uma criança começa na Vara da Infância e Juventude de sua respectiva cidade. A idade mínima exigida para requerer um processo de adoção é 18 anos e, ao contrário do que muitos pensam, o estado civil do solicitante é indiferente. Isso sim: há uma diferença de idade obrigatória entre quem adota e quem é adotado, que deve ser de, no mínimo, 16 anos.

Para formalizar o pedido, o interessado deve apresentar os seguintes documentos à Vara da Infância e Juventude:

  • Identidade
  • CPF
  • Certidão de nascimento ou de casamento
  • Comprovante de residência
  • Atestado de sanidade física e mental (serve declaração do médico)
  • Comprovante de rendimentos
  • Certidões criminal e cível

Com documentos em mãos, o seguinte passo é elaborar uma petição, seja por meio de advogado particular ou através da Defensoria Pública. Somente com a aprovação da petição é que o nome do solicitante passa a constar como habilitado para um adoção.

Leia mais: Adoção: quando encontram uma criança?

Fazer parte do cadastro requer preparação

Desde 2008, existe um Cadastro Nacional de Adoção que permite integrar as informações de todos os estados brasileiros e possibilita mais agilidade no andamento dos pedidos, servindo de suporte para os juízes e redes de apoio. Nele estão os dados das 5.564 crianças habilitadas para adoção e dos 32.212 pretendentes com suas respectivas exigências.

flickrNicolasAlejandroStreetPhotography.

Vale lembrar que o tempo médio de um ano para a conclusão do processo de adoção varia conforme as condições impostas pelo pretendente. Por exemplo, adotar uma criança branca e com menos de dois anos pode demorar muito mais que os 12 meses previstos pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Todo pretendente que passa a integrar o Cadastro Nacional de Adoção deve passar por um processo de preparação psicossocial e jurídica:

  • o primeiro passo é um curso, de duração média de 2 meses, com aulas semanais;
  • o seguinte passo é uma série de entrevistas feita por equipe multidisciplinar, seguida de visita domiciliar;
  • o objetivo é traçar a situação econômica e social do pretendente, além de plasmar seu quadro psicossocial.

Durante a entrevista técnica, o solicitante poderá descrever o perfil da criança que deseja adotar:

  • faixa etária
  • cor
  • sexo
  • se tem irmãos (lei de adoção determina que o grupo não se separe)
  • estado de saúde, etc.

O resultado dessa avaliação é encaminhado à Vara de Infância e Juventude e ao Ministério Público.

Foto (ordem de aparição): por pedrosimoes7 e Nicolas Alejandro Street Photography (Flickr)

1 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em mundoadvogados.com.br/proteccion_datos

Comentários (2)

  • Shirley deodato Nascimento silva

    Meu sonho.e adotar uma menina meu esposo não pode.ter.filhos eu tenho um.sonho de.ter uma menina ele.tambem. quer uma.menina adoro.criança. seria uma.alegria.

  • REGIANE VIEIRA DA SILVA GOSTA

    Tenho dois filhos . Mais tenho muita vontade de CRIA uma menina. Meu maior sonho é da amor e carinho a uma criança que é rejeitada pelos pais biólogo. Tenho um sonho de ser mãe de uma menina . Como falei tenho 2 rapaz

  • Você não pode deixar de ler...