Não pode se deslocar a nenhum escritório?
Encontre um advogado online
Acesso escritório Cadastre grátis seu escritório

Como calcular o valor da sua aposentadoria?

Se você tem dúvidas sobre quanto irá receber de aposentadoria e qual tipo é melhor para você, aqui conseguirá esclarecer suas dúvidas e saber quais são seus direitos junto à Previdência. 

30 set 2014 Trabalho e INSS - Leitura: min.

Advogados

Está tentando descobrir quanto irá receber de aposentadoria? Se você está achando que todo o processo é confuso, aqui conseguirá esclarecer suas dúvidas sobre os cálculos do benefício e saber mais detalhes sobre seus direitos.

Porém, antes de tudo, é fundamental entender os diferentes tipos de aposentadoria e suas regras. O primeiro passo é descobrir o valor do salário de benefício, pago pela Previdência Social.

Trata-se da média aritmética dos maiores salários que você recebeu enquanto trabalhava, com a devida correção monetária. Este cálculo é feito inicialmente para todos os tipos de aposentadoria. Abaixo você aprenderá como o valor é reajustado dependendo das suas condições como segurado.

Vale ressaltar que existe um piso e um teto para o benefício concedido pela Previdência Social. Atualmente, ninguém pode receber mais de R$ 3.912,20 ou menos de um salário mínimo. Estes valores são reajustados anualmente.

Leia mais: Aposentadoria: saiba como funciona e como pedir

Aposentadoria por idade

Na aposentadoria por idade, mulheres podem receber o benefício depois dos 60 anos de idade e homens têm direito a solicitá-lo após os 65 anos. Para este tipo de aposentadoria, é feito um cálculo sobre o salário de benefício, que pode impactar o valor final.

O seu benefício será 70% do salário de benefício + 1% para cada ano de contribuição.

Ou seja, se você contribuiu por 25 anos, o valor de sua aposentadoria será de 95% do salário de benefício (70% + 25%). Logo, se contribuiu durante 30 anos, você receberá 100% do benefício. Está estruturado desta forma para que os cidadãos trabalhem por mais tempo para ter direito ao salário integral.

flickrImages_of_Money.jpg

Aposentadoria por tempo de contribuição

O valor da aposentadoria por tempo de contribuição também usa como base a média de salários recebidos. No entanto, a conta torna-se mais complicada. O Intituto Nacional do Seguro Social (INSS) pega 80% da média dos salários mais altos que você recebeu e o multiplica por um indicador.

Este indicador é variável e leva em consideração o tempo de contribuição, a idade e a expectativa de vida. É chamado de fator previdenciário.

Segundo dados da tabela válida para 2015, o fator previdenciário pode variar de 0,192 a 2,170.

Novamente, a intenção é estimular o segurado a contribuir por mais tempo e, logo, se aposentar mais tarde, já que quanto maior a idade e o tempo de contribuição, mais alto o fator previdenciário.

Lembre-se: quem foi inscrito na Previdência Social a partir de 25 de julho de 1991 deve ter ao menos 180 contribuições mensais. Quem se filiou antes dessa data, deve seguir uma tabela progressiva para saber a carência prevista em seu caso.

Agora que esclarecemos os diferentes cálculos para cada tipo de aposentadoria, fica mais fácil entender como se chega ao valor final do seu benefício. Mas calma, você não precisa fazer todos esses cálculos no papel.

Se precisar de ajuda, pode entrar em contato com um advogado especialista ou acessar o site da Previdência, em que é possível encontrar um simulador para lhe ajudar a descobrir quanto você pode receber.

Foto (ordem de aparição): por Alan Levine e Images_of_Money (Flickr)

0 Curtir

Deixe seu comentário

INFORMAÇÃO BÁSICA SOBRE PROTEÇÃO DE DADOS
Responsável: Verticales Intercom, S.L.
Finalidades:
a) Envio de solicitação ao cliente anunciante.
b) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços próprios.
c) Atividades de publicidade e prospecção comercial, por diferentes meios e canais de comunicação, de produtos e serviços de terceiros de diferentes setores de atividade, podendo implicar repasse dos dados pessoais a esses terceiros.
d) Segmentação e elaboração de perfis para fins publicitários e para prospecção comercial.
e) Gestão dos serviços e aplicativos oferecidos pelo Site ao Usuário.
Legitimação: Consentimento do interessado.
Destinatários: Está previsto o repasse dos dados aos clientes anunciantes para atender suas solicitações de informação sobre os serviços anunciados.
Direitos: Tem o direito a acessar, retificar e eliminar os dados ou se opor ao tratamento dos mesmos ou a alguma das finalidades, bem como outros direitos, como se explica na informação adicional.
Informação adicional: É possível consultar a informação adicional e detalhada sobre Proteção de Dados em mundoadvogados.com.br/proteccion_datos

Comentários (11)

  • Genivaldo Conceicao de Santana

    E muito proveitoso a sua iniciativa seu site informando como calcular pois tem muitas ou seja 80% nao sabe nem como comesar e tao pouco onde se informar.

  • FERNANDO MARTINS

    AGENDEI O MEU PEDIDO DE APOSENTADORIA POIS TRABALHEI EM UM EMPRESA DURANTE 6 ANOS , SOLICITEI O DOCUMENTO POR NOME DE PPP MAIS O INSS INDEFERIU O MEU PEDIDO. NESTE CASO O QUE FAZER?

  • Raquel da silva

    Então eu trabalho desde 87 quero fazer as conta quanto falta para mim vou fezer57anos

  • Vonete vieira

    Se o contribuite e agricultor asegurado e contribui a 30 anos ja. Ele lucra cerca de 1 milhao e meio por safra . Quanto ele recebera ao se aposentar

  • reinaldo magalhães borges

    Muito esclarecedor, apesar de eu ter algumas dificuldades porque perdi guias antigas dos anos 70 e inicio de anos 80. Mas tenho carnê de 86 em diante. Sou autônomo de 65 de idade e 20 anos pagos intercalados. Muito obrigado pelas orientações.

  • Equipe MundoAdvogados.com.br

    Olá Edjaime, para ter uma resposta mais rápida, você pode consultar os especialistas cadastrados no portal, publicando sua dúvida na seção de "Perguntas". Att. Equipe MundoAdvogados.com.br

  • Edjaime Rodrigues

    Gostaria de saber se o valor que consta no saldo das minhas contribuições previdenciárias oficiais é o mesmo que sera usado para calcular o valor do meu benefício.

  • Equipe MundoAdvogados.com.br

    Bom dia Ivete, para ter uma resposta mais rápida, você pode consultar os especialistas cadastrados no portal, publicando sua dúvida na seção de "Perguntas". Att. Equipe MundoAdvogados.com.br

  • ivete.scrivani@gmail.com

    Me aposentei em março, pelo fator previdenciário, tenho como reverter o valor da minha aposentadoria, me aposentei com 56 anos e trinta e oito meses de contribuição, estou desesperada, o que devo fazer?

  • Equipe MundoAdvogados.com.br

    Olá Gilson, Para ter uma resposta mais rápida, consulte os especialistas cadastrados publicando sua dúvida na seção "Perguntas". Att. Equipe MundoAdvogados.com.br


  • Carregando...



    Você não pode deixar de ler...